chamusca latitude4micromineiro slide

Desporto

luis correia mocarria

Paulo Alberto (Honda), foi o grande vencedor da antepenúltima prova do Campeonato Nacional de Motocross, realizada este domingo, na Pista da Carneira, em Moçarria, nos arredores de Santarém.

O piloto da Honda demonstrou estar em grande momento de forma e venceu as duas mangas de MX1 e a manga de Elite, deixando a concorrência sempre a uma distância considerável.

Apesar da vitória total de Paulo Alberto, o piloto da casa, Luís Correia (Suzuki), teve também um dia muito positivo. Embora não tenha conseguido melhor que um segundo lugar numa das mangas de MX1, Correia praticamente não perdeu pontos para a concorrência, mantendo uma distância tranquila, que lhe permite algum conforto na gestão da vantagem nas duas provas que faltam para o campeonato terminar.

Na classe MX1, Luís Correia soma agora 304 pontos, mais 34 que Hugo Basaúla (Kawasaki), mais 38 que o também ribatejano Sandro Peixe (Honda), e mais 42 que Paulo Alberto.

Já na classe de Elite, que junta os melhores pilotos de MX1 e Mx2, o piloto escalabitano atingiu os 254 pontos, mais 22 que Basaúla, e mais 35 que Paulo Alberto, que nesta prova ultrapassou Peixe (está a 1 de Alberto e 36 de Correia).

Com duas provas por disputar, (Fernão Joanes a 28 de maio e Vieira do Minho a 11 de junho), Luís Correia pode sagra-se campeão nacional já do domingo. Em disputa em cada uma das provas estão 50 pontos (Mx1) e 25 pontos (Elite).

Em Mx2, Pedro Carvalho (Yamaha) venceu as 2 mangas e aproveitou um dia menos feliz de Diogo Graça (Honda), para ultrapassar o seu adversário, dispondo agora de uma vantagem de 4 pontos. Sérgio Garcia (Honda) é terceiro, já a 50 pontos do primeiro lugar.

pedro isidro

O marchador Pedro Isidro, de Aveiras de Baixo, no concelho de Azambuja, classificou-se este domingo, 21 de maio, em oitavo nos 50 km marcha da Taça da Europa de marcha atlética, com o tempo de 3h56m38s, assegurando mínimo para os Mundiais de atletismo.

Na competição, que se está a realizar em Podebrady, na República Checa, houve ainda outra atleta ribatejana em destaque. Mara Ribeiro, de Rio Maior, foi 18.ª classificada nos 20 km marcha femininos e fixou a sua melhor marca pessoal em 1h35m45s.

A deceção lusitana foi Inês Henriques, de Rio Maior, uma das favoritas, que desistiu numa prova em que a portuguesa Ana Cabecinha foi segunda classificada e conseguiu a sua melhor marca da época.

santaremVCSapresentacaomasters

Durante três dias, de 2 a 4 de junho, Santarém vai acolher o maior torneio de futsal de formação do país, o “Vitória Futsal Cup – Masters”, que deverá envolver mais de 500 jovens jogadores e respetivo staff técnico de 36 equipas de todo o país.

Organizado pelo Vitória Clube de Santarém (VCS), a prova vai oferecer ao público mais de 50 jogos ininterruptos nos dois pavilhões da nave desportiva municipal de Santarém, em sete escalões de formação, desde os petizes aos juniores.

A conferência de imprensa de apresentação do torneio decorreu ao final da tarde desta sexta-feira, 19 de maio, onde marcaram presença os dois padrinhos do “Masters”, Gonçalo Alves, capitão do Sport Lisboa e Benfica e jogador da seleção nacional de futsal, e Neno, o antigo guarda-redes do Benfica e também da seleção de futebol das quinas.

Para além da sua dimensão, o “Vitória Futsal Cup – Masters” é também original no formato, uma vez que reúne os clubes com mais atletas de formação inscritos nas respetivas associações de futebol de norte a sul do país e das ilhas.

Tal como o Vitória é o clube com mais jovens jogadores inscritos na Associação de Futebol de Santarém (e terceiro, a nível nacional), os clubes participantes também são os mais numerosos nas associações de cada distrito.

Este ano, segundo o que foi explicado na conferência de imprensa, participam clubes de 17 distritos do continente e da Madeira, uma vez que Beja e Açores não conseguiram garantir um representante para marcar presença no torneio.

A realização de um torneio desta envergadura é “um grande desafio” para “um jovem clube da cidade de Santarém que se tem vindo a afirmar e a crescer, ano após ano”, frisou o presidente António Pardelhas, que é também o sócio nº 1 deste clube fundado oficialmente em Agosto de 2005.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões