chamusca appelgalego natal2017

Desporto

 lucas santos

A participação ribatejana no Campeonato do Mundo por Grupo de Idades de Ginástica de Trampolins, que se realizou de 16 a 19 de novembro, em Sófia, na Bulgária, terminou com Lucas Santos e Henrique Moreira, ambos do Clube de Trampolins de Salvaterra (CTS), em trampolim sincronizado, escalão 15-16, a conquistaram o 16º lugar.

Carolina Vaz (CTS) em Duplo-Mini Trampolim, no escalão 13-14, terminou em 24º lugar a sua participação, fechando assim a participação dos ginastas ribatejanos.

Esta segunda-feira, dia 20, é dia de regresso e de retomar a preparação da época 17/18, com a vontade e a determinação de em 2018 conquistar um lugar e fazer ainda melhor em S. Pertersburgo.

 macao utomar

O Mação empatou pela segunda semana consecutiva mas os seus opositores, nomeadamente o Torres Novas, não conseguiu fazer melhor e, depois de um empate na semana passada, esta semana perdeu (2-0) em Amiais.

Na classificação, a equipa de Mação mantém o primeiro lugar, mas tem que se preocupar agora também com o Fazendense que começa a aproximar-se da frente e já apanhou o Torres Novas, estando ambos com 16 pontos, a 4 da liderança.

Confira AQUI resultados e classificação.

Os Campeonatos do Mundo de Trampolins por Grupos de Idade, que termina este domingo, 19 de novembro, em Sofia, na Bulgária, estão a contar com boas prestações dos atletas da região.

Lucas Santos, do Clube de Trampolins de Salvaterra (CTS), em Trampolim Individual, no escalão 15-16, cumpriu as suas séries e terminou em lugar de semifinalista, no 24º lugar, tendo sido o segundo português melhor classificado.

No Duplo-mini Trampolim, Maria Nunes (Sociedade Filarmónica Gualdim Pais), com duas boas séries, classificou-se em 16º no escalão 11-12 anos, tendo-se destacado por ter sido a melhor portuguesa em prova.

O ginasta do Ateneu Artístico Cartaxense, André Pereike, em Tumbling (escalão 17-21 anos) terminou a sua participação no 19º lugar depois de cumprir positivamente as suas séries.

Por fim, em Trampolim Sincronizado, a ginasta Matilde Brilhante (Gimno Clube de Santarém) e o seu par Ana Silva, da Academia de Ginástica de Sines, classificaram-se em 23º lugar, depois de terem sentido alguns problemas na execução da sua série, o que não lhes permitiu chegar mais longe.

Na sexta-feira, Carolina Vaz (CTS) em Trampolim Individual, no escalão 13-14, cumpriu as suas séries e terminou em 52º a sua primeira competição em campeonatos do mundo por idades.

Em Trampolim Sincronizado, as ginastas do Clube de Trampolins de Salvaterra Margarida Pinheiro e Mariana Serra, com uma prestação muito segura, cumpriram a sua série de forma muito consistente e, apesar de serem estreantes nesta competição, conseguiram o 9º lugar, tendo ficado à porta de entrada da final por apenas 0,05 pontos.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis