chamusca pinoquioavisan2017

corfebol

Oito instituições Particulares de solidariedade social dos distritos de Santarém e Leiria participam na segunda-feira, 13 de novembro, num Torneio de Corfebol Para Todos, que se realiza entre as 10 e as 14 horas, no Pavilhão Multiusos de Rio Maior.

Participam neste evento de corfebol adaptado Cercipom, Crif, Oasis, Appacdm Santarém, Cire, Cria, Crial e Crif.

O Torneio faz parte de um conjunto de acções integrantes do Plano Nacional Desporto para Todos criado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), sendo organizado pela Federação Portuguesa de Corfebol com o apoio de várias instituições, entre as quais, a Câmara de Rio Maior e a empresa municipal de desporto Desmor.

O Corfebol é um desporto coletivo misto, em que o objetivo final é colocar a bola num cesto tipo basquetebol. As equipas são constituídas por 8 elementos: 4 homens (2 à defesa e 2 ao ataque) e 4 mulheres (2 à defesa e 2 ao ataque).

Os jogos duram 60 minutos, divididos em duas partes, cada uma de 30 minutos; O campo é retangular e mede 40 metros de comprimento e 20 metros de largura; Cada cesto vale um ponto; É proibido tocar na bola com a perna, o pé, o joelho ou o punho; bater ou tirar a bola das mãos do adversário ou de um companheiro; correr ou andar com a bola ou driblar a mesma; lançar de uma posição defendida, entre o atacante e o cesto, de frente para o atacante com o braço levantado à distância de um braço.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis