chamusca appTecfresh17

santaremtatamartinseuropeus

A ciclista Maria “Tata” Martins terminou no sétimo lugar a prova de fundo do Campeonato da Europa de Estrada, no escalão de juniores femininas, corrida que se disputou esta sexta-feira, 4 de agosto, na cidade de Herning, na Dinamarca.

Com um início de prova bastante azarado, a jovem da Moçarria, no concelho de Santarém, partiu um raio e foi obrigada a trocar de roda ainda antes dos 10 quilómetros, sofrendo um atraso significativo em relação às concorrentes mais fortes.

Contudo, graças a uma corrida de grande qualidade tática, “Tata” Martins foi subindo lugares, manteve-se perto da cabeça do pelotão e chegou aos últimos dos 60,3 quilómetros da prova em condições de discutir o sprint.

Nos metros finais, as mais rápidas foram a holandesa Lorena Wiebes, que conquistou a medalha de ouro, seguindo-se a dinamarquesa Emma Norsgaard e a italiana Letizia Paternoster.

“Vinha com intenção de lutar por um top 20, porque não sabia bem o nível das adversárias e porque a estrada é muito diferente da pista. No final, acabei por ficar com a sensação de que, se tivesse arrancado para o sprint mais à frente, podia conseguir um top 5”, disse no final da prova Maria Martins ao site da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

Já medalhada em dois europeus de pista, a ciclista estrou-se num campeonato da Europa de Estrada superando as suas próprias expectativas.

“Foi um bom desempenho, porque não tinha experiência na estrada a este nível. Mostrou uma leitura de corrida muito boa, inteligência e capacidade para estar com as melhores. Se fosse mais rodada, talvez ainda pudesse chegar mais à frente”, salientou José Poeira, o selecionador nacional, também citado pelo mesmo site.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis