chamusca appTecfresh17

Cultura

milagre sol

O professor universitário e economista João César das Neves será um dos intervenientes no colóquio sobre o centenário do Milagre do Sol, que se realiza no Centro Cultural do Cartaxo, no dia 7 de outubro, sábado, às 21h15.

A iniciativa, organizada pela Irmandade do Senhor Jesus dos Passos do Cartaxo e pela Paróquia de S. João Baptista do Cartaxo, celebra o centenário das Aparições de Fátima.

"Em Fátima, ao contrário das outras Aparições, sabemos tudo o que a Senhora disse", refere João César das Neves numa nota promocional do evento, acrescentando que "a Senhora veio mesmo a Fátima".

O Colóquio contará também com um momento protagonizado pela fadista Filipa Maltieiro que interpretará cânticos populares religiosos.

bienal artes coruche

A vila de Coruche está a receber, até 15 de outubro, mais uma edição da bienal de arte, cuja edição deste ano se centra uma vez mais na Arte Urbana.

O evento, que promove um concurso nacional de instalações artísticas estabeleceu uma relação direta com a zona ribeirinha e com o rio Sorraia, definindo um percurso que lhes vai dar espaço durante os primeiros quinze dias de outubro.

Mas a Bienal de Coruche não se esgota nas dez instalações artísticas a concurso. As "Envolvências Locais", projeto desenvolvido com a comunidade local desde a edição de 2013, apresentou a intervenção “Entre Pontes”.

Cerca de quatrocentas peças em forma de peixe, desenvolvidas e enquadradas em onze temáticas associadas à identidade coruchense e quinhentos e quarenta metros quadrados de rede de pesca dão corpo e cor a esta intervenção coletiva que juntou cerca de oito centenas de colaboradores e vinte e oito instituições.

As "Envolvências Locais" prepararam também diversos espaços de exposições coletivas (num total de cinco) de pintura, escultura e instalação assim como apresenta diversas instalações individuais. A fotografia faz parte também deste percurso, com 35 fotógrafos entre amadores e profissionais a fotografar sob o tema “Olhar, ver e reparar no rio Sorraia”.

torricado

A freguesia de Vale do Paraíso, no concelho de Azambuja, vai ser palco, de 5 a 8 de outubro, da 12ª edição da Paraísabor - Mostra Gastronómica de Vale do Paraíso, que tem no torricado, um prato tipicamente ribatejano, o seu principal embaixador.

Acompanhado de bacalhau assado ou febras grelhadas, o torricado é feito com uma base de pão torrado untado com azeite e alho, que terá sido criado pelos trabalhadores rurais da zona do bairro ribatejano.

A Paraísabor arranca pelas 12h30 de 5ª feira, dia 5 de outubro – feriado nacional, e decorrerá no espaço envolvente ao pavilhão polidesportivo de Vale do Paraíso, em simultâneo com a 4ª Feira de Artesanato, reunindo dezenas de tasquinhas e bancas de artesanato.

Conheça o programa completo AQUI.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis