chamusca appmicromineiro keepcalm

Cultura

acorda bacalhau

A Casa do Povo de Pontével, no concelho do Cartaxo, vai receber, no dia 5 de março, domingo, o VI Festival do Bacalhau e da Açorda, um encontro entre duas especialidades gastronómicas que fazem parte da cultura nacional e são presença assídua nas mesas de muitas famílias.

O encontro com o fiel amigo e com o conforto de uma açorda quentinha, foi marcado pelos Quarentões de Pontével para as 12h30.

A organização promete que, além do bacalhau e da açorda, há sempre uma mesa de doces caseiros à sua espera.

O Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos de Azambuja (RFCCA) comemora este fim de semana, 17 a 19  de fevereiro, o seu 60º aniversário.

A efeméride começa por ser assinalada esta sexta-feira 17, pelas 21h00, com a realização de um ensaio geral, na sede do grupo, aberto a todos os atuais elementos e também aos antigos dançarinos que queiram matar saudades. No dia 18, sábado, o convívio vai ser vivido à mesa num jantar de aniversário a ter lugar no Armazém dos Vinhos.

Para domingo, 19 de fevereiro, está marcada uma romagem ao cemitério de Azambuja, às 9h30, seguindo-se pelas 11h00 a celebração da Missa na Igreja Matriz de Azambuja, em memória dos membros do grupo já falecidos. Às 14h30, partirá da sede do rancho o desfile com destino ao Armazém dos Vinhos. Aí chegado o cortejo, realizam-se as atuações do Grupo Infantil de Azambuja “Os Tradicionais Rapazes da Grade e Raparigas da Monda”, dos dois ranchos convidados – o Danças e Cantares de Vale do Paraíso e o da Casa do Concelho de Ponte de Lima, e, por fim, do aniversariante Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos de Azambuja. O encontro termina com um lanche convívio, pelas 19h00.

coruche baloes

O concelho de Coruche vai receber, de 28 de março a 2 de abril, o primeiro Rubis Gás UP - Festival Internacional de Balonismo em Coruche, uma prova que irá reunir cerca de meia centena de balões, oriundos de países como os Estados Unidos, Brasil, Holanda, República Checa, Inglaterra, França e Portugal.

Durante seis dias, os visitantes poderão fazer voos livres juntamente com pilotos experientes; observar a vila ribatejana a partir do céu num balão estático; assistir ao impressionante Night Glow, um belíssimo espetáculo de luz e som, onde os balões irão sincronizar os seus queimadores ao ritmo da música; artesanato e atividades para toda a família.

coruche baloes1Na apresentação do festival, realizada esta quarta-feira, 15 de fevereiro, em Coruche, foi revelado que o objetivo é que a iniciativa se torne, ao longo dos próximos anos, num evento anual reconhecido e procurado tanto por público português como estrangeiro.

A organização, realizada em colaboração de diversas entidades, entre elas a Câmara Municipal de Coruche, revelou ainda que, este ano, cerca de 20% dos participantes vão ter balões de formas especiais, entre eles, pássaros, botijas de gás e até uma mota.

Os “comes e bebes” serão assegurados pelos tradicionais restaurantes da vila e por uma oferta diversa de street food para todos os gostos à volta da Praça de Touros de Coruche.

Uma das preocupações do Festival Internacional de Balonismo é a responsabilidade social e ambiental. Os visitantes serão convidados a comprar uma árvore que lhes dará também acesso a uma viagem de balão de ar quente. As árvores são de espécies autóctones e serão plantadas nas herdades do concelho. Parte do valor destas vendas reverterá a favor da organização ambiental.

Desert Challenge 2017