chamusca appelgalego natal2017

Cultura

folclore sfus

A secção de Folclore da Sociedade Filarmónica União Samorense (SFUS) organiza, no dia 25 de novembro, sábado, a quinta edição do Festival de Inverno de Folclore.

O evento conta com a participação do Grupo Etnográfico Santo António de Arenilha (Vila Real de Santo António), do Rancho Folclórico de Aranhas (Castelo Branco), do Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge (Valada), do Rancho Folclórico da AREPA (Porto Alto) e do Rancho Folclórico Ceifeiras e Campinos que é, neste dia, o grupo anfitrião.

O programa do evento prevê a receção e concentração dos grupos convidados às 17h30 seguindo-se depois o jantar que será servido no pavilhão da Associação Recreativa e Cultural Amigos de Samora (ARCAS). A partir das 20h30 os participantes desfilarão desde o Largo 25 de abril até à sede da SFUS onde decorrerá o festival.

A entrada é livre e aberta a toda a população.

almeirimguitarradalmacustodiocastelo

O festival de musica “Guitarra d’Alma”, organizado por Custódio Castelo, está de regresso ao concelho de Almeirim durante o mês de novembro, com um formato diferente das edições anteriores e com um programa bastante diversificado.

O “Guitarra d’Alma” arranca oficialmente no dia 10 de novembro, às 21 horas, com a apresentação do livro “Ao Sabor da Boca”, de Custódio Castelo, na Igreja do Divino Espírito Santo (antigas Escolas Velhs) de Almeirim.

Para sábado, 11 de novembro, está agendado um concerto com António Chainho, às 21h30, no cineteatro da cidade.

O festival regressa depois no fim-de-semana seguinte, com uma homenagem aos Violas de Custódio Castelo, no dia 17, às 21 horas, no salão nobre da Câmara Municipal, e um Ensemble de guitarras da ESART no dia 18, a partir das 21h30, no Centro Cultural de Fazendas de Almeirim.

Esta iniciativa prossegue a 24 de novembro, com “O Fado e o Vinho” por Guilherme Frazão, também no salão nobre da Câmara Municipal, às 21 horas, e termina no sábado, 25 de novembro, com o concerto de encerramento de Custódio Castelo no cineteatro de Almeirim, às 21h30.

torresnovasvirginiacerejal

O Teatro Maior de Idade vai estrear a peça “O Cerejal” no teatro Virgínia, em Torres Novas, no próximo sábado, 11 de novembro, às 21h30.

A peça, com texto de Anton Tchékhov, tem encenação e dramaturgia Rafaela Santos e Fernando Giestas (Amarelo Silvestre) e interpretação de Amélia Maia, Amélia Teixeira, Demitília Grácio, Elisabete Freire, Emília Duque, Emília Nicolau, João Vidal, Laura da Conceição, Lucinda Pimenta, Manuela Fazenda, Marcelino Pereira, Otília Bicho e Samuel Mendes.

O Teatro Maior de Idade faz parte do projeto “Teatro em formação” do Teatro Virgínia, e destina-se a maiores de 50 anos, disponíveis para a partilha de experiências velhas e novas, em redor do teatro.

Os ensaios decorreram desde janeiro, trabalho que culmina agora com a estreia da peça para o público em geral.

No final do espetáculo, haverá uma conversa entre o público presente e os atores e encenadores.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis