chamusca ensaiobambu

Cultura

tomas barao cunha

Tomás Cunha, aluno da licenciatura em Vídeo e Cinema Documental da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) venceu o prémio para o "Melhor Filme Escolar" no concurso de cinema da Capital Ibero-Americana da Juventude - Braga 2016.

O jovem estudante da ESTA concorreu com o filme "O Encoberto", escrito e realizado por si, no âmbito da unidade curricular da licenciatura.

O filme, rodado em vários pontos do país, apresentando-se como um road-movie documental, teve o apoio do Instituto do Cinema e do Audiovisual, que tem um programa contratual com o Instituto Politécnico de Tomar, no qual se integra a escola superior, afirma uma nota do politécnico.

"O Encoberto" estreou em Novembro, no Estoril & Lisbon Film Festival, tendo sido também selecionado para o Festival Caminhos do Cinema Português.

 

salvaterramarinhaismercadocultura

O mercado da cultura de Marinhais, que assinalou no dia 20 de dezembro o seu primeiro aniversário desde a requalificação, foi visitado por cerca de 7mil pessoas ao longo do ano, contabilizando o público que passou pelas várias exposições, peças de teatro, espetáculos musicais, palestras e outras iniciativas.

Recorde-se que este equipamento veio substituir o antigo mercado diário, que foi encerrado em 2010 pela Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE), por falta de condições.

A requalificação, levada a cabo pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos, custou cerca de 400 mil euros, com o objetivo de o tornar num polo cultural da vila.

O edifício alberga um polo da biblioteca municipal de Salvaterra, uma galeria de exposições, uma sala multiusos e um espaço de apoio ao cidadão, com uma delegação da autarquia, espaço do cidadão e balcão dos CTT.

Para o presidente da Câmara de Salvaterra, Hélder Esménio, o mercado da cultura “permitiu suprir uma grave lacuna que era a inexistência de um espaço condigno em Marinhais para a cultura, para a leitura e até para os serviços de proximidade”.

salvaterra bicicletas

Cerca de uma centena de pessoas de vários pontos da região participou este domingo, 18 de dezembro, em Marinhais, na terceira edição do Passeio da Bicicleta Antiga, que permitiu angariar cerca de 300 quilos de alimentos.

A iniciativa foi organizada pela Câmara Municipal de Salvaterra de Magos com o objetivo de aliar a promoção da utilização da bicicleta à vertente solidária, uma vez que por cada bicicleta inscrita foi sugerida a entrega de uma posta de bacalhau ou de um bem alimentar não perecível.

A vereadora com o pelouro da ação social na autarquia de Salvaterra de Magos, Helena Neves, revelou que “as pessoas responderam muito positivamente ao apelo da autarquia e trouxeram bens alimentares que serão agora colocados em cabazes a entregar esta semana pela Loja Social às famílias sinalizadas pela rede social do concelho.

“Foi muito interessante ver a participação de várias gerações, desde crianças até seniores, vindos de várias zonas do Ribatejo”, afirmou a vereadora, concluindo que “isto só mostra que, quando é chamado para estas causas, o povo português é muito solidário”.

Um dos participantes, José Rafael ou “Zé do Barrete”, figura bem conhecida no concelho pelos muitos quilómetros que já fez de bicicleta, sempre com um barrete de campino na cabeça, entregou um reboque cheio de bens alimentares e de brinquedos que recolheu, ao longo do mês de dezembro, em diversas lojas do concelho de Salvaterra de Magos.

Antes do início do passeio teve lugar um conjunto de atividades, desde testes de glicémia/medição da tensão arterial, cicloficina, atividades infantis em bicicleta e atuação de classes de zumba e de Kenpo Karaté Havaiano Miúdos.

Desert Challenge 2017