app chamuscabanner festas coruche

Cultura

ana moura

O músico angolano Anselmo Ralph e a cantora ribatejana Ana Moura são os nomes principais do cartaz das festas em honra de São Miguel Arcanjo, que decorrem de 2 a 6 de agosto em Marinhais, no concelho de Salvaterra de Magos.

As festividades arrancam quinta-feira, 2 de agosto, pelas 21h30, com missa na capela. Na sexta-feira, dia 3 de agosto, está marcada para as 21horas a abertura solene dos festejos, seguindo-se a inauguração das exposições de artesanato, empresas e coletividades do concelho. A atuação do Grupo de Danças “Os Lusitanos” de Marinhais decorre pelas 21h35.

A noite de sexta-feira é também dedicada à sardinha assada com oferta de sardinhas, pão e vinho. No palco haverá concerto com The Pilinha (23h00), seguido de baile com Vítor Varela, vacada e abertura do Espaço Jovem com DJ Nunez e DJ Slim.

Sábado, 4 de agosto, haverá receção às bandas filarmónicas (13h00) no Largo da República e peditório pelas ruas da vila. Para as 15h00 está marcado o Rally das Tascas acompanhado pelo grupo Ruídos à Portuguesa. À noite há atuação da Academia de Dança Catarina Andrade (20h00) e concerto com a banda FIVE (21h00).

A animação no palco segue com os Farra Minhota (22h30) até à sessão de fogo-de-artifício agendada para as 01h. Destaque ainda para a atuação do Duo Jorge Paulo & Susana (02h00) no palco principal e AfricanGroove e Marinhais House Mafia no Espaço Jovem.

Domingo, 5 de agosto, a manhã é dedicada a um passeio de cicloturismo (10h00), enquanto que ao início da tarde (14h00) haverá apresentação/ exibição de um projeto desportivo da APD de Lisboa. Para as 16h00 está marcada missa solene na Igreja Nova e Procissão em Honra de São Miguel Arcanjo. Pelas 19h00 realiza-se um desfile de fogaças seguido de leilão, ao mesmo tempo que decorre, no recinto das festas, uma vacada.

Pelas 20h00 haverá a atuação da TAFDUP – Tuna de Direito do Porto, seguida dos grupos de dança MC Company e AJ Dance Crew. Às 22h00, sobe ao palco o artista Jorge Espada para animar o baile e para as 23h00 está marcado o concerto com Ana Moura. O baile continua e no Espaço Jovem estará o DJ Nana e o DJ Marc5ll.

Para o último dia de festa, segunda-feira, 6 de agosto, estão marcadas cavalhadas e jogos tradicionais de manhã e à tarde. Às 18h00 há vacada, seguindo-se a atuação do grupo de danças Dream Dancing e de Ruídos à Portuguesa (20h00). O baile estará a cargo de Jorge Paulo e Susana (22h00) e o cantor Anselmo Ralph sobe ao palco pelas 23h00. O baile segue noite dentro, haverá entrega da bandeira à nova comissão e no Espaço Jovem estará DJ Tiago Leiria e DJ Beaver.

torresnovasvirginiatereasalgeurio

A voz inconfundível de Teresa Salgueiro vai abrir a próxima temporada do Teatro Virgínia, em Torres Novas, no dia 15 de setembro.

Com o concerto “O Horizonte e a Memória”, a artista irá apresentar um breviário de canções representativas da melhor tradição musical portuguesa.

Da programação para o último trimestre de 2018 no espaço cultural torrejano, destaque ainda para um concerto de Viviane, que vai interpretar diversos êxitos de um dos maiores nomes da música francesa, Edith Piaf, no dia 13 de outubro, e para a “Companhia Dançando com a Diferença”, que apresenta o espetáculo “Doesdicon” no dia 27 de outubro.

A 3 de novembro, Samuel Úria sobe ao palco com o concerto “Carga de Ombro”.

“Com ZYG, da Companhia de Música Teatral, a 22 setembro, bebés dos 0 aos 36 meses poderão ter uma experiência artística num espaço imersivo onde a música e a dança se cruzam para explorar as fronteiras entre a comunicação, o jogo informal, a descoberta dos sentidos e o instinto da arte”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Torres Novas.

Também no teatro, sobe ao palco a peça “Feira dell’Arte”, pelo Teatro Meridional, no dia 29 de setembro.

O Teatro Maior de Idade apresenta o espetáculo “Ato Cultural”, no dia 10 de novembro, a partir do texto homónimo de José Ignacio Cabrujas, reconhecido autor venezuelano, e das vivências dos atores que constituem este grupo do Teatro Virgínia de Torres Novas.

A ópera de câmara “A Voz Humana”, de Francis Poulenc e Jean Cocteau, sobe ao palco a 17 de novembro, com a soprano Lúcia Lemos e João Paulo Santos ao piano, e “Portugal não é um País Pequeno”, uma produção do duo de artistas Hotel Europa, vem ao Virgínia refletir sobre a ditadura e a presença portuguesa em África, em particular sobre a vida dos antigos colonos portugueses através dos seus testemunhos reais, no dia 24 de novembro.

O mês de dezembro abre, no dia 1, com “Um Solo para a Sociedade”, a primeira peça de António Cabrita e São Castro enquanto diretores artísticos da Companhia Paulo Ribeiro.

A agenda completa pode ser consultada no site da Câmara Municipal de Torres Novas.

constanciaescultor

A antiga cadeia de Constância, localizada no centro histórico da vila, vai receber entre os dias 1 e 31 de agosto uma exposição de bustos de todos os Presidentes da República, desde 1910 até 2018.

A coleção, da autoria de João Reis, apresenta uma retrospetiva histórica sobre os diversos titulares do cargo de Presidente da República, desde a implantação do regime republicano, a 5 de outubro de 1910 até ao atual presidente Marcelo Rebelo de Sousa, passando pelo golpe de estado de 28 de maio de 1926 e a revolução de 25 de abril de 1974.

João Reis, natural de Montalvo, uma freguesia do concelho de Constância, elaborou todos os bustos em argila, que agora são apresentados ao público.

O autor começou este seu trabalho em 2010, durante o centenário da Implantação da Republica, vindo a finalizar o projeto em 2016, altura em que o deu a conhecer, através de uma exposição que abriu ao público no seu ateliê em Montalvo.

João Reis tem outros bustos de algumas personalidades e esculturas no espaço público, com destaque para Fernando Pessoa, instalada junto à sua residência em Montalvo.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis