chamusca appmicromineiro slide

Cultura

abrantescineteatrosaopedro

A Câmara Municipal de Abrantes perdeu a gestão do cineteatro S. Pedro, depois de não ter conseguido chegar a acordo com os proprietários, a sociedade Iniciativas de Abrantes Lda., para a renovação da concessão do espaço para fins culturais e realização de espetáculos.

“Apesar de todas as diligências efetuadas pelo município, iniciadas no final de 2016, para a consolidação de um novo acordo entre as partes, a Iniciativas de Abrantes, reunida em Assembleia Geral de 28 de janeiro de 2018, recusou as propostas apresentadas pela autarquia”, explica um comunicado da Câmara, que acrescenta que a sociedade “decidiu assumir a devolução da titularidade e gestão do imóvel, desde o dia 29 de janeiro”.

A decisão foi comunicada à Câmara de Abrantes a 30 de janeiro, e encontra-se “em apreciação pelos serviços municipais”.

O protocolo com a Iniciativas de Abrantes para a gestão e utilização do equipamento por um período de 19 anos remonta a 29 de janeiro de 1999, tendo a Câmara, neste período de tempo, realizado várias obras de requalificação do espaço, com financiamento nacional e comunitário.

Sobre as atividades e iniciativas que já estavam agendadas, as mesma “passarão a ocorrer noutros equipamentos municipais e alternativos, entre os quais se incluem os auditórios das escolas Manuel Fernandes e Solano de Abreu e outros espaços, atempadamente comunicados”, acrescenta ainda a nota.

 

sardoalfestivalpiano

O Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal, vai acolher o concerto de jovens talentos do “III Coimbra World Piano Meeting”, no próximo dia 7 de fevereiro, pelas 21h30m.

Organizado pela Academia Internacional de Música “Aquiles Delle Vigne”, o “Coimbra World Piano Meeting”, que decorre de 3 a 9 de fevereiro, é um encontro dos melhores mestres do piano do mundo, trazendo consigo os seus melhores alunos.

Este concerto, onde participam jovens de elevada qualidade artística e técnica, decorre no âmbito do protocolo de colaboração assinado entre o município do Sardoal e a Academia “Aquiles Delle Vigne”, que visa o fomento de atividades culturais que acrescentem valor cultural.

Ainda no âmbito deste protocolo, decorrerá nos meses de junho e julho o “III Encontro Internacional de Piano de Sardoal” que, “à semelhança do ano passado, trará ao Centro Cultural Gil Vicente grandes promessas do piano a nível mundial”, segundo uma nota de imprensa do município.

sopa pedra alges

O presidente da Câmara de Almeirim, Pedro Ribeiro, foi um dos muitos voluntários que no sábado, 27 de janeiro, se associou à distribuição de mil litros de Sopa da Pedra a pessoas sem-abrigo e com necessidades sociais da zona de Algés, em Lisboa.

A iniciativa, que decorreu no mercado de Algés, contou igualmente com a participação da Confraria Gastronómica de Almeirim, cujos confrades orientaram a confeção dos mil litros da sopa típica de Almeirim. Ao todo, as 10 panelas levaram 120kg feijão, 120kg batatas, 35kg chouriços, 35kg morcelas, 45kg farinheiras e 200kg chispe, entre outros ingredientes.

A organização estima que a sopa tenha servido para alimentar entre 2 500 a 3000 pessoas, por isso, algumas malgas foram oferecidas aos curiosos que visitarem o mercado no sábado de manhã.

A ação solidária fez parte do festival Os Sabores de Portugal, que decorre no mercado de Algés até 11 de fevereiro, e que nesta semana se dedica ao centro do País.

A iniciativa contou o acompanhamento de vários meios de comunicação, entre eles aa RTP, através do programa “Agora Nós”, onde Tânia Ribas e José Pedro de Vasconcelos e toda a equipa se associou à ideia e à causa e falaram com os responsáveis pela elaboração da Sopa, nomeadamente Rui Figueiredo, presidente da Confraria Gastronómica de Almeirim.

Destaque ainda para a presença e animação do Rancho Folclórico de Benfica do Ribatejo, que também se associou a este gesto solidário.

Santarém: Carnaval Escolar