chamusca baguncadabanner tasquinhas2017

Cultura

antonio zambujo

ANTÓNIO ZAMBUJO

The Legendary Tigerman, António Zambujo e a Companhia Nacional de Bailado, são os três destaques da programação primaveril do Teatro Virgínia, em Torres Novas.

A temporada, de abril a julho, inicia-se com um filme-concerto a 1 de abril. "How To Become Nothing" junta o músico The Legendary Tigerman, a fotógrafa Rita Lino e o realizador Pedro Maia numa viagem pelo deserto da Califórnia.

Para comemorar o Dia Mundial da Dança, o Teatro Virgínia convidou o coreógrafo Victor Hugo Pontes a apresentar o espetáculo "Nocturno" aos mais pequenos nos dias 28 (escolas) e 29 de abril (famílias).

Ainda na dança, Clara Bevilaqua e Guilherme Calegari darão a conhecer "Conversas de Corpo", um espetáculo concebido na relação direta com o público, com sessões para escolas e famílias (23, 24 e 25 de maio).

A 25 de junho e no âmbito das comemorações do 40.º aniversário da Companhia Nacional de Bailado, o Teatro Virgínia acolhe um espetáculo constituído por quatro peças em reposição, de quatro criadores diferentes.

A 6 de maio, António Zambujo apresenta o álbum "Até Pensei que Fosse Minha", uma homenagem a Chico Buarque e, na semana seguinte, a 14 de maio, o Coral Sinfónico de Portugal traz "Requiem" de Giuseppe Verdi. A 20 de maio o Choral Phydellius dará um concerto comemorativo do seu 60.º aniversário.

No teatro, os Artistas Unidos interpretam "Jardim Zoológico de Vidro", uma peça a partir da obra de Tennessee Williams, a 8 de abril. No dia 21 de abril para escolas e no dia 22 para público geral, o Grupo de Teatro Juvenil do Virgínia apresenta o resultado de longos meses de trabalho e de aprendizagem com a peça «Atalhos», com texto de Joana Craveiro.

biblioteca apaixonada ctx

O Centro Cultural do Cartaxo vai ser palco, no dia 26 de março, domingo, a partir das 17h00, da estreia do espetáculo "Biblioteca Apaixonada - Volume II", um evento que pretende ser um espaço de criação de uma relação íntima entre o público e a poesia, ao tornar vivas as palavras dos poetas portugueses, criando uma rede de cumplicidade entre quem diz o poema e quem o ouve.

"Biblioteca Apaixonada – Volume II" é uma homenagem póstuma ao ator Camacho Costa, que em 1998, estreou um espetáculo itinerante que levou a poesia portuguesa a todo o país. Frederico Corado, diretor artístico da Área de Serviço, selecionou, encenou e vai interpretar esta criação artística que estreia no Cartaxo mas quer percorrer o país numa itinerância que é, também ela, homenagem ao trabalho de divulgação que o ator Camacho Costa cumpriu com a sua Biblioteca Apaixonada.

torresnovasrueff

“António e Maria” é o nome do monólogo que Maria Rueff vai apresentar no Teatro Virgínia, em Torres Novas, no dia 25 de março, a partir das 21h30.

A peça, do Teatro Meridional, é escrita a partir da obra de António Lobo Antunes e da multidão de mulheres que vivem nos seus livros.

O espetáculo “é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Vozes mutantes num corpo iluminado. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Torres Novas.

Os bilhetes custam 10 euros.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis