chamusca bibliotecatecfresh2018 slide

Categoria: Cultura

constanciageneraltamagnini

“Diário de Campanha do General Fernando Tamagnini, comandante do CEP” é o nome do livro de Isabel Pestana Marques que vai ser apresentado na antiga cadeia de Constância, no próximo sábado, 14 de abril, às 15 horas.

“Conhecer melhor a participação do Corpo Expedicionário Português na Flandres e explicar alguns mitos enraizados no imaginário popular e na historiografia contemporânea, é o principal objetivo deste evento, que se integra na exposição «Constância e a Grande Guerra – Das manobras de Tancos à Batalha de La Lys»”, explica uma nota de imprensa da Câmara de Constância.

No ano em que se assinala o centenário da batalha de La Lys (travada em 9 de abril de 1918) e o fim da Grande Guerra (1914-1918), Constância evoca a participação dos militares do concelho no primeiro conflito mundial através desta mostra patente na antiga cadeia.

A exposição reparte-se pelos dois pisos do edifício; o rés-do-chão é dedicado às manobras de Tancos, onde se fez a preparação das tropas, e à Parada de Montalvo, onde desfilaram os cerca de 20.000 homens que, em escassos três meses, o regime dizia ter preparado para a guerra.

No piso superior mostram-se as condições, muito adversas, que os jovens soldados encontraram na Flandres, para onde foram enviados, a vida nas trincheiras, a lama e as doenças, os bombardeamentos e os gaseamentos, o frio e a fome, os feridos e as mortes.

A montagem contou com o apoio de diversas instituições militares – o Museu Militar, o Arquivo Histórico Militar, o Regimento de Engenharia n.º 1 de Tancos e o Regimento de Infantaria n.º 15 de Tomar – que cederam objetos da época, como armas (espingardas e metralhadoras), uniformes, capacetes, máscaras de gás, etc. e dos familiares dos soldados, que disponibilizaram cadernetas militares, postais ilustrados, fotografias e outros objetos pessoais.

Partida em Coruche do Grande Prémio de Ciclismo Abimota - Fotos: João Dinis