chamusca appmicromineiro slide

Categoria: Cultura

tomarfestatemplaria

A cidade de Tomar vai ser palco de mais uma edição da festa templária, que, de 6 a 9 de julho, promete um regresso à Idade Média com a recriação do cerco ao castelo em 1190.

O evento inclui uma feira de artesanato alusivo à época, um festival de cozinha medieval nos restaurantes locais, petiscos nas tasquinhas, o jantar real no Convento de Cristo e ainda visitas culturais, que complementam um programa que conta ainda com recriações de um acampamento templário, personagens históricas, danças medievais, treino dos homens de armas, ofícios, cenas da vida na taberna e jogos medievais.

O programa cultural da festa inclui ainda a conferência “Templários – das origens ao terminus”, que terá lugar no Scriptorium do Convento de Cristo, no dia 6 de julho, das 10 às 17 horas.

Esta iniciativa pretende contribuir para lançar um olhar sobre a Ordem dos Templário, que “durante quase dois séculos teve um papel decisivo na construção do mundo tal como o conhecemos hoje e integra-se no âmbito da Rede Europeia de Cidades Templárias”, segundo uma nota de imprensa da Câmara de Tomar.

No que se refere à festa templária propriamente dita, a abertura oficial está marcada para as 18 horas de quinta-feira, dia 6, na Praça da República, seguida de um cortejo pelo centro histórico até ao Mouchão Parque, onde decorrerão o grosso das actividades.

Nessa noite, pelas 23 horas, acontecerá a primeira sessão da recriação do cerco ao castelo, que será repetida na sexta à mesma hora, dia em que se realizara também o jantar real, no Convento, às 20 horas.

No sábado, o principal destaque vai para o cortejo noturno, que sai do castelo às 22 horas.

XTerra Golegã - Fotos Carlos Simões