chamusca pinoquioavisan2017

Notícias Breves

O antropólogo Aurélio Lopes vai apresentar o seu livro “A 13 de Maio na Cova da Iria” no próximo dia 20 de maio, às 16 horas, na sala de leitura Bernardo Santareno, em Santarém

A obra, com cerca de 280 páginas, debruça-se sobre a problemática das aparições de Fátima numa perspetiva antropológica, passando pela análise das razões sociais, culturais e políticas que desencadearam os fenómenos, e a idiossincrasia dos videntes, entre outras questões.

Futebol: Jogo Coruchense x Mondenense | Fotos: João Dinis